Objetivo Geral

Formar profissionais com capacidade teórico-analítica e operacional para avaliar políticas públicas a partir de uma perspectiva interdisciplinar crítica e prática que, enfatizando as relações entre o sistema mundial e as lógicas locais, assim como as novas possibilidades metodológicas, permitam a esse profissional monitorar e avaliar as políticas públicas já implementadas ou propor a formulação e implementação de políticas públicas mais eficazes bem como a correção no formato das políticas já existentes.

 

Objetivos Específicos

a) Propiciar conhecimentos teórico-metodológicos que possibilitem uma compreensão da realidade socioeconômica, política, ambiental e cultural do país, da região nordeste e do estado do Ceará, em particular; entendidos como parte de um sistema mundial;

b) Situar historicamente a definição das políticas públicas, articulando-as com a dinâmica mundial, do Estado, de órgãos públicos estaduais e municipais, assim como de setores organizados da sociedade civil;

c) Analisar as políticas públicas adotadas no Brasil, na região Nordeste  e no Ceará, produzindo um conhecimento crítico-analítico sobre as mesmas;

d) Desenvolver estudos que articulem metodologias quantitativas e qualitativas capazes de instrumentalizar a análise de políticas públicas na sua concepção, gestão, acompanhamento e avaliação;

e) Viabilizar a produção de metodologias de avaliação de políticas públicas por meio de interfaces e contribuições teórico-metodológicas das áreas do conhecimento envolvidas

f) Formar avaliadores de políticas públicas com um perfil diferenciado do existente no mercado profissional brasileiro. Esse profissional, já existente nos EUA e na Europa, inexiste no Brasil e os nichos profissionais nos quais podem atuar são muito variados: órgãos federais, estatais, municipais, empresas e organizações não governamentais.